O que fazer em Alter do Chão

Alter do Chão, em Santarém, tem tantas belezas e atrativos que jamais caberia tudo num post só. Cada vez que piso ali, volto encantado por algo completamente novo. Dos encantos naturais ao povo, tudo me faz bem. Mas sendo um lugar que ainda tem muito a me mostrar, compartilho com vocês o que, ATÉ AQUI, me surpreendeu nesse recanto amazônico. Óbvio que ainda há muito a se explorar e eu espero fazer isso logo mais.

Trapiche da Praia do CAT. Foto: Petterson Farias

Ah, e antes de qualquer coisa: ao programar sua ida para Alter do Chão, muito importante verificar o nível do rio Tapajós na data da sua viagem, porque, vai por mim, é ele que vai nortear todo seu rolê.

  • Fevereiro a junho: rio cheio
  • Junho a outubro: vazante
  • Novembro a janeiro: rio seco

Fim de tarde na Ilha do Amor. Foto: Petterson Farias

1 – Floresta Encantada

Foto: Petterson Farias

Um verdadeiro mergulho nas entranhas da Floresta Amazônica. Quando o rio Tapajós sobe, você pode transitar entre árvores, aves e o silêncio da natureza, num passeio de 40 minutos dentro de um barquinho. O valor do passeio é $ 30,00.

Na volta, já escolha uma mesa ali mesmo, no restaurante de onde saem os barcos. Nele, o preço da comida é justo e enquanto eles não te servem, você pode continuar aproveitando a paisagem dando mergulhos no lago.

2 – Casa do Saulo

Foto: Casa do Saulo

O restaurante mais famoso de Santarém atrai turistas do mundo inteiro, isto porque, lá a experiência vai além da gastronomia: tem atrativos para todos os sentidos. A Casa do Saulo não fica necessariamente em Alter, mas em Carapanari, e reserva não só pratos regionais deliciosos, mas também uma piscina com vista privilegiada para o Tapajós, assim como uma praia “particular”. Te indico ir cedo e passar a tarde inteira lá. 

A casa funciona de terça a domingo:
Terça a quinta: 11h às 16h
Sexta-feira: 11h às 17h
Sábado e domingo: 10h às 18h

Praia no quintal da Casa do Saulo. Foto: Petterson Farias

Restaurantes instagramáveis. Foto: Casa do Saulo

Foto: Petterson Farias

3 – Ilha do Amor

Ilha do Amor. Foto: Petterson Farias

A ilha que deu à Alter do Chão o título de praia de água doce mais bonita do mundo, pelo The Guardian, é o cartão postal mais famoso da vila. Sua faixa de areia branquinha revelada em meses de baixa do rio Tapajós é um espetáculo amazônico dos mais lindos. Nela, há barracas que vendem bebidas e comidas; aluguel de caiaques e pranchas para stand up paddle; e barcos/lanchas que fazem passeios para outros lugares de Alter, como a Ponta do Cururu. A travessia para a ilha é feita por catraias (canoas) e custa $ 5,00.

Foto: Petterson Farias

As catraias. Foto: Petterson Farias

4 – Ty Comederia

Bar e restaurante delicinha para ouvir boa música e se divertir com pé na areia. Com vista para a Ilha do Amor, é mais uma boa opção para curtir depois da praia. Ty Comederia funciona todos os dias, das 19h às 23h30.

Foto: Petterson Farias

Foto: Ty Comederia

Foto: Ty Comederia

Foto: Ty Comederia

5 – Pajuçara

Mais uma praia linda e enorme ao seu dispor. Pajuçara fica um pouco distante da vila de Alter do Chão, mas é também um lugar para encher os olhos e se conectar com as belezas naturais dessa região. 

Foto: Petterson Farias

Entardecer em Pajuçara. Foto: Petterson Farias

6 – X-Bom Hambúrguer

X-Bom é um dos rolês mais recomendados na vilinha de Alter. A lanchonete tem um cardápio curioso e delicioso, que atrai muitos turistas. Depois de tantas indicações de amigos, fui lá para experimentar o hambúrguer de piracuí (farinha de peixe) e amei.

A hamburgueria funciona das 17h30 às 23h.

Burger de Piracuí. Foto: Petterson Farias

7 – Pôr do Sol no Trapiche

Final de tarde é no trapiche de mais uma das praias de Alter do Chão: a Praia do CAT. Lá, o sol se põe majestoso e você tem uma visão privilegiada desse momento. Dependendo de qual seja o seu rolê, dá pra meditar, aplaudir o crepúsculo e/ou caçar muitos likes com fotos belíssimas pro teu instagram. 

Foto: Petterson Farias

Foto: Petterson Farias

Trapiche da Praia do CAT. Foto: Petterson Farias

8 – Do Italiano

Outra boa opção pra quem gosta de beber e comer. O restaurante Do Italiano fica na pracinha central de Alter do Chão e é um ótimo lugar para encontrar pessoas, ouvir boa música, jogar conversa fora e descansar depois de um dia inteiro de atividades. 

9 – Çairé

Uma das festividades mais tradicionais e importantes do Pará, o Çairé ocorre no mês de setembro, começando sempre com seus rituais religiosos e terminando com a famosa disputa dos botos Tucuxi e Cor de Rosa. Um espetáculo pra encher os olhos, o espírito e o coração. 

A parte religiosa da Festa do Çairé. Foto: Petterson Farias

Alegorias da parte profana do Çairé. Foto: Petterson Farias

Boto Tucuxi. Foto: Petterson Farias

Foto: Petterson Farias

Foto: Petterson Farias

Foto: Petterson Farias

10 – Pindobal

Essa praia pertence a Belterra, um município próximo de Alter do Chão. Com um visual incrível, de barraquinhas de palha e água a perder de vista, Pindobal é também uma atração imperdível. Se você estiver com tempo disponível, não deixe de dar um pulo lá.

Essas e outras dicas no meu instagram também: https://www.instagram.com/pettersonfarias/

Na pracinha central de Alter

Ilha do Amor

Casa do Saulo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: